Como escolher o melhor tratamento para dependentes químicos

Como escolher o melhor tratamento para dependentes químicos

rapaz - tratamento para dependencia quimica

Na hora de ajudar um filho ou ente querido a se livrar das drogas, é preciso unir forças com todos os familiares e também saber como

escolher o melhor tratamento para dependentes químicos. Confira algumas dicas para acertar na escolha! Vamos lá?!

Como já falamos aqui no blog, sobre como funciona o tratamento para dependentes químicos, não poderíamos deixar de ajudar você a identificar e escolher o melhor tratamento.

Existem princípios gerais para o tratamento de dependentes químicos, sendo que eles foram resumidos em um órgão americano chamado

National Institute on Drug Abuse, que separaram alguns princípios considerados fundamentais. Esses princípios certamente ajudam tanto as clínicas de reabilitação, como também aos familiares a escolherem o melhor tratamento para dependentes químicos.

O que é importante para que um dependente químico se trate?

Essa é a primeira questão que os familiares devem saber antes de escolher o tratamento adequado. Isso é importante para não cair em enganações, uma vez que infelizmente, existem muitas pessoas e instituições que foram criadas apenas com o intuito de ganhar dinheiro.

Analise toda a infraestrutura da clínica, assim como seus métodos e equipe que irão trabalhar com o dependente. Para que um paciente possa se recuperar, é preciso que ocorra um trabalho multidisciplinar, baseado primeiramente na recuperação do dependente enquanto individuo.

Tenha em mente que nenhum tratamento único é adequado para todos os pacientes, porque cada indivíduo é único e precisa de cuidados

especiais e focados em suas necessidades. Por isso, desconfie de clínicas que usam o mesmo método para todos.

Veja, alguns pacientes podem se recuperar tranquilamente apenas participando de grupos como o AA, por exemplo, outros já precisam de internação, porque necessitam de cuidados diários.

Por isso, para escolher o melhor tratamento para dependentes químicos, converse bem com o paciente, veja suas necessidades e somente depois vá conversar com as clínicas para conhecer e saber como atua cada uma delas.

Compromisso com o trabalho

Outra dica para escolher a melhor clínica de reabilitação, pesquise sobre a instituição e tenha atenção se os mesmos atual com profissionalismo. É através do compromisso com o paciente que eles conseguirão sair do mundo das drogas e se tornarem pessoas de valor e com autoestima renovada.

Peça para conhecer as dependências do local, preste atenção como os outros são tratados, porque tudo isso influencia diretamente nos

resultados.

Como é a abordagem terapêutica?

Ao conversar com os responsáveis pelo estabelecimento, procure saber como eles fazem o tratamento terapêutico com o paciente, porque é

essencial que eles tratem o dependente químico como um todo. Apenas focar na dependência não é o caminho, mas sim procurar saber e

conhecer suas dores, traumas de infância, e sentimentos em relação a si mesmo, família, trabalho, etc.

O paciente precisa de muita atenção, e carinho redobrado da família e amigos. Não adianta escolher o melhor tratamento para dependentes

químicos e, de certa forma, “abandonar” o usuário na clínica. Acompanhe, ligue e esteja sempre presente nos dias de visita.

Tratamento de fácil acesso

Principalmente se o dependente químico decidiu se tratar por vontade própria, é preciso que o procedimento seja iniciado rapidamente. Clínicas que não tem agenda suficiente para marcar a primeira consulta ou coisa do tipo, desconfie.

O paciente precisa ser tratado de forma única e especial, encontrar um auxílio rapidamente para que ele não perca a motivação.

Confira também se o tratamento e clínica atende a todas as necessidades do paciente, que inclusive já pode estar doente devido ao uso,

apresentando outros problemas de saúde, como falta de ar, problemas de coração, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *